‎"There are bridges on life's highway but we never see them there. Some cross troubled waters, some don't go nowhere"

sábado, 20 de outubro de 2012

O valor das coisas, ou a falta dele

Às vezes a vida mostra-te que tens de seguir em frente. Ás vezes tens de engolir a dor, engolir todo o sofrimento, porque olhar para trás prende-te e não te deixa ver tudo o que tens à tua volta. Ás vezes há coisas que não controlas e, como tal, não tens capacidade para fingir, para parecer forte, porque na verdade estás frágil e destruída por dentro. Ás vezes percebes que há momentos e pessoas que não vão mais voltar e que inevitavelmente tens de aprender a viver com isso ao invés de reforçar as amarras e continuares presa ao que te magoa e te faz sangrar. Ás vezes dás por ti a pensar em tudo à tua volta e entendes que poucas coisas há que façam sentido, mas que dentro dessas poucas estão aquelas que realmente valem a pena. Aquelas pelas quais vale a pena continuares a lutar e preservar e aquelas que ainda que por mais que custe te fazem ainda sentir viva. Ás vezes não há mais nada a fazer e há vezes também em que não há caminho nem à esquerda nem à direita e muito menos atrás. Ás vezes percebes que só há um caminho, e que esse é única e exclusivamente para a frente. Ás vezes o valor vale pouco. Ás vezes vês que há coisas que não têm jeito, muito menos volta a dar.
Ás vezes amar não chega.

2 comentários:

  1. Muito interessante o Blog !
    Muito difícil encontrar na “ blogosfera “ espaços originais e bacanas como este !
    Deixo aqui meu espaço, caso queria dar uma olhada, seguir...

    http://www.bolgdoano.blogspot.com.br/

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela visita Amanda. Bom saber que gostou do que encontrou por aqui!

      Passarei em seu blog com certeza!

      Excluir